Tim Spriggs promete entrar para “matar ou morrer” no desafio Brasil vs. EUA da Copa Podio

Americano enfrenta Lucas ‘Hulk’ em 22 de novembro, no Rio de Janeiro

Créditos da imagem: Foto: Deive Coutinho

Apelidado de "louco” pelo comentarista da Copa Podio por causa do seu estilo de luta, o americano Tim Sprigss terá a missão de defender a bandeira do seu país, diante da revelação brasileira, Lucas ‘Hulk’, em luta agendada para o dia 22 de novembro, quando ocorre o GP dos Médios da Copa Podio, na Cidade Maravilhosa.

 

Na última edição do GP dos Pesados, ainda com a faixa-marrom na cintura, Spriggs complicou a vida de muitos faixas pretas com seu Jiu-Jitsu pouco ortodoxo. Mais experiente, o lutador não fez rodeios quando perguntado qual será a sua estratégia para o combate contra a fera brasileira.

 

“Minha estratégia será segurar ele, jogá-lo no chão, passar a guarda e finalizar. Eu uso a mesma estratégia com todos adversários que enfrento. Todos sofrem o mesmo destino quando lutam comigo”, declarou Sprigss, que promete ir para dentro do brasileiro.

 

“Podem ter certeza de que eu irei para o ataque desde o começo até o final do combate, como sempre faço. Eu luto para dominar e finalizar meus oponentes,  entro para matar ou morrer e é isso que vou fazer", garantiu.

 

O desafio Brasil vs. EUA da Copa Podio é realizado no sistema “melhor de três” e pode ser definido por Tim, já que na primeira luta, realizada na última edição do evento, o brasileiro Alexandre Vieira perdeu para o americano Tanner Rice.

 

Campeão mundial na faixa-marrom, o pupilo de Julius Park compreende bem a responsabilidade de representar o seu país diante do Brasil, o “País do Jiu-Jitsu”.

 

“Sinto como se fosse minha a responsabilidade de mostrar ao mundo que os americanos estão no mesmo nível do que os brasileiros no Jiu-Jitsu. Além de ser uma oportunidade de representar o meu time é claro”, disse o americano, que não se importa com o rótulo de azarão.

 

“Não ligo se me veem como azarão ou não, deixo isso para a mídia e os fãs decidirem. A única coisa que importa é o que vai acontecer na luta de 22 de novembro e o Hulk vai ter que me enfrentar”, concluiu.

 

Fonte: Erik Engelhardt

Data da publicação: 2014-10-28 19:33:59

Veja também

A jornada de um campeão, na Copa Podio
A jornada de um campeão, na Copa Podio

Conheça o atual 1º lugar do ranking, na faixa roxa, da Copa Podio

Ver mais
Lutador africano faz história como primeiro lutador do continente a disputar a Copa Podio
Lutador africano faz história como primeiro lutador do continente a disputar a Copa Podio

Ruben Caveira garantiu sua vaga no African Champions, a primeira seletiva oficial da Copa Podio

Ver mais
A glamourosa Balneário Camboriú continua como palco da abertura da 8ª temporada da Copa Podio
A glamourosa Balneário Camboriú continua como palco da abertura da 8ª temporada da Copa Podio

A pedido dos atletas estrangeiros, a data foi transferida de 4 de setembro para 16 de outubro

Ver mais
Podio